Voltaço firma parceria com o Flamengo e cede seis jogadores da base ao clube carioca

459fb93f-33f7-4c9c-9264-ca8514285094

Campeões da Santiago Cup e vice-campeões do Festbolin (Festival de Futebol Infantil), seis jogadores das categorias sub-9 e sub-11 do Volta Redonda foram cedidos ao Flamengo. São eles: Rayan, Rafinha, Bernardo e Ferrugem, do sub-09; e Caique e Bill, do sub-11. Os pequenos atletas já foram ao Rio de Janeiro, conheceram as instalações do Ninho do Urubu e participaram de treinamentos.

Segundo o vice-presidente de futebol Flávio Horta Júnior, as negociações são fruto de uma parceria do Esquadrão de Aço com o Rubro-Negro. O diretor destaca ainda que, com a impossibilidade de maiores investimentos nessas categorias, as transações trazem benefícios para todos os envolvidos, principalmente os jogadores, que poderão receber treinamentos mais específicos.

-Já aumentamos absurdamente os investimentos em nossas categorias de base, entretanto, enquanto o Voltaço não tiver uma ajuda do Poder Público para fomentar as divisões de base, ficaremos sempre reféns dessas parcerias. Infelizmente não temos como custear o futebol profissional e todas as nossas categorias de base com a mesma qualidade de outros times. Atualmente, dependemos da ajuda dos pais para conseguir manter o trabalho nessa idade. Diante dessa realidade, só nos resta batalhar para resguardar ao Voltaço uma projeção maior de lucro nas vendas no futuro, já que não se pode ter negociação nessa idade – destacou o diretor.

Flávio revela ainda que o clube vem recebendo muitas sondagens do próprio Flamengo e do Fluminense sobre alguns atletas do sub-13 e sub-14, campeões da Série Prata do Torneio Metropolitano. Entretanto, o vice-presidente tricolor afirma que só irá iniciar alguma negociação após o fim da disputa da Série Ouro do Metropolitano.

– Sobre essas parcerias, a torcida pode ficar tranquila que estamos deixando o clube completamente resguardado. É um trabalho silencioso e de médio prazo, mas que será fundamental para o crescimento do Voltaço e melhoria nas condições de trabalho das divisões de base. Tudo que entrar no clube oriundo dessas transações será investido em estrutura para as categorias de base – frisou.

Devido à pouca idade, os atletas cedidos ao Flamengo irão treinar de um a dois dias da semana no Rio de Janeiro e o restante em Volta Redonda, na Escolinha do Voltaço. Porém, o Rubro-Negro terá preferência nos atletas nas competições que os dois clubes disputarem em comum.

Pedro Borges

One thought on “Voltaço firma parceria com o Flamengo e cede seis jogadores da base ao clube carioca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *