Voltaço conquista dois troféus na Iber Cup

IMG-20180402-WA0012

O Volta Redonda disputou a Iber Cup, em Portugal, realizada entre os dias 26 e 30 de março, e voltou de lá com dois troféus na mala. Os Guerreirinhos de Aço das categorias sub-11 e sub-12 sagraram-se campeões após derrotarem, respectivamente, o Belenense, por 2 a 1, e o Benfica, por 4 a 1, nas finais do torneio.

O responsável pela categoria sub-12, Wagner Walin, fez questão de enaltecer os garotos e agradecer à todos que viabilizaram a participação do clube na competição.

– Uma experiência maravilhosa e que os garotos jamais vão esquecer. Parabenizo os pais que acreditaram no projeto e agradeço o apoio que recebemos do clube, claro, dentro de suas limitações. Nos emprestaram o ônibus para nosso traslado, ajudaram no uniforme e permitiram que vendêssemos as rifas durante os jogos, viabilizando que conseguíssemos trazer crianças que não teriam a mínima condição financeira de vir a Portugal. Cada pessoa que comprou uma rifa pode se sentir também um campeão – destacou.

Após empatar por 3 a 3 no tempo normal com o Benfica, o sub-10 do Tricolor perdeu nos pênaltis e acabou ficando com o vice-campeonato da categoria. Já a equipe sub-9 se destacou ao se classificar para o módulo A do torneio, porém, encarou a equipe do Barcelona nas quartas de final e acabou derrotada.

O presidente do Voltaço Flávio Horta, que viajou a Portugal e acompanhou de perto os jogos, também fez questão de parabenizar os atletas e não poupou agradecimentos aos que viabilizaram a participação do clube no torneio.

-Não temos nenhum tipo de apoio ou investimento para essas categorias, mesmo sabendo que estamos fomentando o esporte, o que torna a participação dos pais desses atletas louvável. Sem eles, isso seria inviável, impossível. E mais bacana ainda é ver o esforço de todos para levantar recursos para os menos favorecidos. Garotos que jamais tinham saído de Volta Redonda. Fico feliz de, como presidente, ajudar, ainda que de forma tímida, mas dentro de nossas limitações, e, principalmente, de presenciar momentos como os que a gente viu aqui, de disputa, mas de respeito e solidariedade – afirmou.

Torcida portuguesa

Além de títulos, o Esquadrão de Aço conquistou também a simpatia dos portugueses. Exemplo disso é o atleta do Benfica, Nuno Gomes, da equipe sub-10, que virou torcedor do Esquadrão de Aço.

– É muito legal jogar contra um time que vem tão de longe. Espero que um dia a gente vá lá também. Agora, quando me perguntarem pra que time torço no Brasil, já vou responder Volta Redonda – falou.

Voltaço apresenta dois reforços para a Série C

20180329_122648

O Volta Redonda anunciou nesta quinta-feira, dia 29, dois reforços para a disputa da Série C: o lateral-direito Angel Martinez, de 28 anos, que estava no Libertad, do Paraguai, e o lateral-esquerdo Diego Maia, de 28 anos, que chega por empréstimo junto a Portuguesa-RJ, clube pelo qual disputou o Campeonato Carioca deste ano. O vínculo dois será até o final da Série C de 2018.

Natural de Capiatá, no Paraguai, Angel iniciou sua carreira na equipe da cidade, quando disputou a Copa Sul Americana de 2014. De lá, o lateral seguiu para o Cerro Porteño, onde conquistou o Torneio Apertura de 2015 e jogou a Copa Libertadores da América daquele ano. Em 2016, ele seguiu para o Libertad, onde ficou até 2017. No Libertad, Angel conquistou o Torneio Apertura de 2016 e jogou a Sul Americana e a Libertadores.

Angel Martinez já conquistou dois título do Torneio Apertura
Angel Martinez já conquistou dois título do Torneio Apertura.

– Sempre sonhei em jogar no futebol brasileiro e quando surgiu a proposta do Volta Redonda não pensei duas vezes em aceitar. O estilo de jogo aqui no Brasil é diferente, é mais técnico, usam mais o toque de bola, porém creio que não terei dificuldade para me adaptar. Estou ansioso para a minha estreia e espero ajudar o Voltaço a conseguir o acesso à Série B – destacou o novo lateral tricolor.

Revelado pelo Remo, Diego Maia estava na Portuguesa-RJ desde 2015. Na Lusa, sagrou-se campeão da Copa Rio de 2016. O lateral também já defendeu o Audax Rio, Ceres-RJ, Alecrim-RN e o Globo-RN.

Diego Maia jogou as últimas três temporadas pela Portuguesa-RJ.
Diego Maia jogou as últimas três temporadas pela Portuguesa-RJ.

– Tinha essa vontade de disputar a Série C, ainda mais pelo Volta Redonda, que fez uma grande campanha no ano passado e chegou muito perto do acesso. Venho para somar, disposto a dar o meu melhor dentro de campo, e espero dar muitas alegrias para o torcedor do Voltaço nesta Série C – afirmou.

A estreia do Esquadrão de Aço na Série C será contra o Operário-PR, no dia 15 de abril, às 15h30, no estádio Germano Kruger.

Estadual sub-20: Voltaço vence Macaé e se mantém na briga pela semi da Taça Rio

Escudo VRFC

De virada, o Volta Redonda venceu, por 2 a 1, o Macaé na tarde deste domingo, dia 25, no CT Oscar Cardoso. Matheus Cesdê e Bruninho marcaram os gols do Tricolorzinho de Aço.

Com o resultado, o Voltaço chegou aos sete pontos ganhos, fechando a rodada na 5° colocação grupo A e ficando a três pontos da zona de classificação para a semifinal da Taça Rio sub-20.

Na próxima rodada, os comandados de Neto Colucci enfrentam o Goytacaz. A partida está marcada para quinta-feira, dia 29, às 15h, no estádio Ary de Oliveira.

Voltaço se reapresenta e inicia preparação para a Série C

20180322_163502

O Volta Redonda se reapresentou nesta quinta-feira, dia 22, iniciando a preparação para a disputa da Série C, que terá início no dia 14 ou 15 de abril, quando o Tricolor enfrentará o Operário-PR, no estádio Germano Kruger. As novidades ficaram por conta das permanências do comandante Marcelo Salles e do atacante Núbio Flávio, que tiveram os seus contratos renovados, e da saída do goleiro Thiago Leal, que tinha contrato até o final do Estadual.

Entretanto, o presidente Flávio Horta afirma que a diretoria está trabalhando muito e irá anunciar outras mudanças nos próximos dias.

– Não estamos satisfeitos com o cenário atual e estamos trabalhando para mudá-lo. Temos conversas adiantadas com alguns jogadores e esperamos anunciá-los em breve, o mais rápido possível. Já sobre as saídas, recebemos algumas sondagens por alguns atletas e vamos definir o destino deles – destacou.

Neste primeiro dia de trabalho, os jogadores realizaram exames médicos e, em seguida, foram para o CT Oscar Cardoso, onde participaram de um treino físico, comandando pelo preparador Adair Júnior.

Confira a lista dos atletas que se apresentaram nesta quinta-feira:

Goleiros: Douglas Borges, Diego, Vinícius e Avelino

Laterais: Luís Gustavo, Ronaldo, Pietro e Luiz Paulo

Zagueiros: Bruno Costa, Daniel Felipe, Gilberto, Roger e Paulo Vitor.

Volantes: Bruno Barra, João Cleriston, Pablo, Marcelo, Diogo Alves e Matheus Oliveira.

Meias: Vinícius Pacheco, Jorge Luiz e Mauro Gabriel.

Atacantes: Dija Baiano, Núbio Flávio, Anselmo, André Duarte, Luã Lúcio, Fernandinho, Gustavo Moura, Erik, Marcos Vinícius e Índio.

O lateral-esquerdo Gabriel e o meia-atacante Rafael Granja foram liberados para resolver problemas pessoais e irão se reapresentar até segunda-feira (19).

Diretoria admite erros no Estadual e trabalha para reforçar time na Série C

Flávio Horta Júnior

Título invicto da Série D, acesso para a Série C, ficando a um gol de subir para a Série B, título da Taça Rio, grandes campanhas no Campeonato Carioca e um salto de 58 posições no ranking da CBF. Esse é um resumo das últimas três temporadas do Volta Redonda. Cenário totalmente oposto do que o Voltaço está vivendo em 2018, quando acabou em 11º lugar no Estadual e irá ter que disputar a seletiva em 2019.

Por isso, o vice-presidente de futebol Flávio Horta Júnior reconhece que a diretoria errou no planejamento, mas que já está trabalhando para retomar o caminho das vitórias, que vem marcando a atual administração.

– Erramos. Somos seres humanos, falíveis e, depois de três ótimas temporadas, estamos convivendo com nosso pior momento no futebol. Ninguém mais do que a gente gostaria de estar vivendo outro momento, mas aconteceu e só nós poderemos reverter essa situação. É triste, mas se tem alguém que precisa arregaçar a manga e trabalhar ainda mais sou eu. Formamos um grupo vencedor e demonstramos isso nos últimos anos. Somos acostumados a vitórias e vamos atrás delas novamente – destacou.

Sobre a Série C, Horta Júnior afirma que o Voltaço chegará forte na competição e que irá brigar pelo acesso, que é o principal objetivo do clube no ano.

– É a oportunidade que teremos no ano para reverter a imagem que estamos. Ficou claro que precisamos de reforços e já estamos trabalhando para isso. A torcida também não pode esquecer que o fato de termos a série C se deve ao excelente trabalho que realizamos e garantimos essa participação para o clube, que não tinha calendário anual garantido – afirmou o diretor, que ainda rechaçou mudanças no comando do futebol.

– O Zada é um cara trabalhador e vencedor. Vencedor na vida como jogador de sucesso, pai de uma família linda com dois filhos que estão sempre nos jogos e, principalmente, vencedor no Volta Redonda. Participou ativamente das campanhas dos títulos da Série D e da Taça Rio. Temos muito orgulho de trabalhar com um cara assim, sempre presente no clube, atendendo as demandas de todos e que vai nos ajudar muito nessa retomada. Tenho certeza que vamos comemorar muitos títulos juntos – ressaltou.

Protestos

Sobre a relação com a torcida, que vem realizando alguns protestos em decorrência do momento atual do time, Horta Júnior entende que as cobranças são sempre válidas, desde que tenham o intuito de construir, de agregar.

– Você percebe o sofrimento de alguns com o momento do clube e isso chega a doer na nossa alma. Depois do jogo contra o Boavista, recebi ligações e mensagens de diversos torcedores solidarizando com o clube. Porém, quando mistura a politicagem, o revanchismo, a ganância, aí surgem ofensas pessoais, mentiras e perde o sentido. Uma minoria que ficou três anos sofrendo calada com nossas vitórias e agora surgem como paladinos da justiça. Mas a voz não ecoa, porque não tem credibilidade nem na casa deles. São figurinhas conhecidas na cidade. Por onde passaram, deixaram rastro de destruição – frisou.

Já sobre a eleição, que está marcada para novembro deste ano, o diretor ressalta que, apesar de ainda estar cedo para falar sobre o assunto, entende que é natural que algumas pessoas se aproveitem do momento e tentem antecipar e tumultuar o ambiente com ofensas, denúncias vazias e mentiras.

– Mas não vamos entrar nessa. Temos muito trabalho no dia a dia. Enquanto eles vão falando a gente vai trabalhando. O Volta Redonda é um clube democrático. Ano passado, junto com o Conselho Deliberativo, abrimos uma possibilidade para que os sócios e pretendentes pudessem regularizar suas situações para que todos pudessem participar do processo eleitoral, tanto para a presidência, quanto para os Conselhos Fiscal e Deliberativo. Fizemos tudo às claras, divulgamos em jornais e em todas as nossas redes sociais, pois não temos apego ao cargo. Temos, sim, a convicção que fizemos um bem para o clube nesses anos – encerrou.

Reapresentação

A reapresentação do elenco tricolor está marcada para quinta-feira, dia 22, às 15h, na sede social do clube. Já estreia na Série C será no dia 14 ou 15 de abril contra o Operário-PR, no estádio Germano Kruger.

Voltaço perde para o Boavista e irá jogar a seletiva em 2019

IMG-20180318-WA0018

O Volta Redonda perdeu por 3 a 2 para o Boavista na última rodada da Taça Rio. Dija Baiano marcou os dois gols do Voltaço. Elivelton, Tartá e Lucas anotaram para os visitantes.

Com o resultado, o Esquadrão de Aço termina o Estadual na 11ª posição e irá jogar a seletiva em 2019.

 

O jogo

 

Em um primeiro tempo sem grandes chances de gol, melhor para o Boavista, que aproveitou as duas que teve para ir para o vestiário com 2 a 0 no placar. Elivelton, aos 12 minutos, e Tartá, aos 43 minutos, marcaram para os visitantes.

Na volta do intervalo, o Esquadrão de Aço reagiu e foi buscar o empate. Aos nove minutos, Dija Baiano aproveitou cruzamento de Luís Gustavo e cabeceou para o fundo das redes. O empate veio aos 16 minutos e novamente com Dija Baiano. O camisa 7 tricolor recebeu passe de Marcelo, driblou o goleiro e tocou para o gol vazio, empatando a partida.

Com o 2 a 2 no placar, o jogo ganhou em emoção. Aos 23 minutos, Anselmo recebeu passe de Marcelo e cabeceou para o fundo das redes, mas o bandeirinha marcou impedimento e anulou o lance. Aos 26 minutos, Bruno Barra recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso.

O Boavista aproveitou a vantagem numérica e, aos 43 minutos, chegou ao terceiro gol com Lucas, dando números finais a partida: Volta Redonda 2×3 Boavista.

 

Campeonato Carioca 2018 – 6ª rodada da Taça Rio

Volta Redonda 2×3 Boavista

(18/03/18 – Estádio Raulino de Oliveira – 16h)

 

Volta Redonda: Douglas Borges; Luís Gustavo, Daniel Felipe ( João Cleriston), Gilberto e Luiz Paulo; Bruno Barra, Marcelo e Mauro Gabriel (Fernandinho); Núbio Flávio (Luã Lúcio), Anselmo e Dija Baiano. Técnico: Marcelo Salles.

Gols: Dija Baiano (2)

Cartão amarelo: Luís Gustavo e Bruno Barra

Cartão vermelho: Bruno Barra

Público presente: 1.254 ( 854 pagantes)

Renda: R$ 12.010,00

 

Foto: Arthur Gomes

Voltaço x Boavista: Tricolor depende só de si para se manter na elite do Estadual

Foto - Arthur Gomes

O Volta Redonda enfrenta o Boavista neste domingo, dia 18, às 16h, no Estádio Raulino de Oliveira, dependendo só de si para se garantir na elite do Campeonato Carioca no próximo ano. Isso porque, com uma vitória, o Esquadrão de Aço chegará a dez pontos na classificação geral e, independentemente dos demais resultados da rodada, fugirá da zona da seletiva.

Caso a partida termine empatada, o Tricolor precisará torcer para que Nova Iguaçu e Madureira não ganhem os seus jogos. Já em casa de um revés, o Voltaço dependerá de um empate ou derrota do Madureira diante do Bangu e de uma derrota do Nova Iguaçu para o Macaé para escapar do Z2.

Entretanto, apesar da necessidade de vencer para não precisar torcer por outros resultados, o técnico Marcelo Salles não quer a equipe afoita em busca do gol. O comandante destaca que será preciso jogar com calma, respeitando a estratégia estabelecida, e com muito foco durante todo o jogo.

– O nosso gol pode sair no primeiro minuto de jogo ou nos acréscimos da segunda etapa. Não podemos ter nenhum tipo de ansiedade e nem pressa para querer resolver logo a partida. Temos que ser estratégicos e isso também vale para a torcida. Precisamos do apoio do torcedor os 90 minutos. Não adianta criar uma ansiedade que isso pode até atrapalhar o time. Vai ser um jogo complicado, mas se conseguimos criar essa sintonia entre time e torcida, os dois jogando juntos, tenho certeza que vamos sair de campo com o resultado positivo –  destacou.

Na classificação geral, o Madureira é o último colocado com cinco pontos ganhos. Fechando o Z2 vem o Nova Iguaçu, com seis. O Voltaço está na 10ª colocação com sete pontos, dois a menos que o Macaé, que é o 9º colocado.

Preliminar

O domingo vai ser de emoção em dose dupla no Raulino de Oliveira. O Tricolorzinho de Aço irá enfrentar a Portuguesa na preliminar de Voltaço e Boavista. A partida está marcada para as 13h.

Promoção

A troca do ingresso por 1kg de alimento poderá ser feita até sábado, dia 17, véspera do confronto, no Supermercado Empório Brasil, que fica na Avenida Sávio Gama, número 1935, no bairro Retiro, em Volta Redonda.

O torcedor que preferir comprar o seu ingresso, poderá adquirir a entrada a preço único de R$ 10 nas unidades da Loteria do Meia-Meia, que ficam no bairro Aterrado, Retiro e Vila Rica/Tiradentes.

No dia da partida, os ingressos serão vendidos a preço único de R$ 10 para a arquibancada e R$ 15 (meia) e R$ 30 (inteira) para as cadeiras sociais. A bilheteria do Raulino estará aberta a partir das 13h.

Ingressos para Voltaço e Boavista poderão ser trocados por 1kg de alimento

Foto - Arthur Gomes

O Volta Redonda quer contar com a força da sua torcida para vencer o Boavista e assegurar a sua permanência na elite do Campeonato Carioca. Por isso, a diretoria tricolor está fazendo uma promoção para a partida deste domingo, dia 18, às 16h, no Estádio Raulino de Oliveira. Até sábado, véspera do confronto, os torcedores poderão trocar as entradas para a arquibancada por 1kg de alimento. As trocas poderão ser feitas, a partir desta quinta-feira, dia 15, no Supermercado Empório Brasil, que fica na Avenida Sávio Gama, número 1935, no bairro Retiro, em Volta Redonda.

O torcedor que preferir comprar o seu ingresso, poderá adquirir a entrada a preço único de R$ 10 nas unidades da Loteria do Meia-Meia, que ficam no bairro Aterrado, Retiro e Vila Rica/Tiradentes.

No dia da partida, os ingressos serão vendidos a preço único de R$ 10 para a arquibancada e R$ 15 (meia) e R$ 30 (inteira) para as cadeiras sociais. A bilheteria do Raulino estará aberta a partir das 13h.

Voltaço empata com o Botafogo e deixa zona da seletiva

Arthur Gomes

O Volta Redonda empatou em 1 a 1 com o Botafogo, em partida válida pela quinta rodada da Taça Rio. Mauro Gabriel marcou para o Voltaço e Igor Rabello empatou o jogo. Com o resultado, o Tricolor chegou a sete pontos na classificação geral e deixou a zona da seletiva.

Na próxima rodada, o Esquadrão de Aço enfrenta o Boavista. A partida será no domingo, dia 18, às 16h, novamente no Estádio Raulino de Oliveira.

 

O jogo

Precisando da vitória e jogando em casa, o Voltaço foi o primeiro a chegar com perigo. Aos cinco minutos, Marcelo arriscou da entrada da área e carimbou o travessão de Gatito Fernandez. A resposta do Botafogo veio na bola parada. Léo Valência bateu falta da entrada da área e a bola saiu por cima do gol de Douglas Borges.

Quando o Botafogo estava começando a gostar do jogo, Mauro Gabriel apareceu para acalmar os ânimos. O camisa 9 tricolor, que é cria da base do alvinegro, recebeu na entrada da área e acertou um belo chute, abrindo o marcador aos 21 minutos de jogo.

O segundo quase saiu na sequência. Mauro Gabriel cruzou pela esquerda e, por muito pouco, Marcelo não conseguiu desviar para o gol. Entretanto, apesar da pressão tricolor, foram os visitantes que chegaram ao gol com Igor Rabello, aos 37 minutos.

Na volta do intervalo, o Botafogo pressionou o Voltaço em busca do gol da vitória, porém, o alvinegro parou em Douglas Borges, que em tarde inspirada, fez, pelo menos, três milagres. O mais incrível foi após cabeçada de Brenner de dentro da pequena área, que, no reflexo, Douglas Borges espalmou para escanteio.

Como resposta a pressão adversária, o Volta Redonda passou a apostar nos contra-ataques. Em um deles, Marcelo tocou na medida para Dija Baiano. O atacante invadiu a área e bateu para o gol, acertando a rede, mas pelo lado de fora. Fim de jogo no Raulino de Oliveira: Volta Redonda 1 x 1 Botafogo.

 

Campeonato Carioca 2018 – 5ª rodada da Taça Rio

Volta Redonda 1×1 Botafogo

(11/03/18 – Estádio Raulino de Oliveira – 17h)

 

Volta Redonda: Douglas Borges; Luís Gustavo, Roger, Gilberto e Luiz Paulo; Bruno Barra, Marcelo, Mauro Gabriel (Anselmo), Vinícius Pacheco (Pablo) e Núbio Flávio (João Cleriston); Dija Baiano. Técnico: Marcelo Salles.

Gols: Mauro Gabriel (VRE); Igor Rabello (BOT)

Público presente: 2.874 ( 2.015 pagantes)

Renda: R$ 46.680,00

 

Foto: Arthur Gomes

Voltaço inicia venda de ingressos para a partida contra o Botafogo

IMG-20180126-WA0005

O Volta Redonda iniciou nesta sexta-feira, dia 9, a venda de ingressos para a partida contra o Botafogo, marcada para domingo, dia 11, às 17h, no Estádio Raulino de Oliveira. As entradas estão sendo vendidas a R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia), para a arquibancada, e R$ 60 (inteira) e R$ 30(meia), para as cadeiras sociais.

Os ingressos estão disponíveis nos seguintes postos de vendas:

– Supermercado Empório Brasil

Av. Sávio Cota de Almeida Gama, 1935 – Bairro Retiro, Volta Redonda

– Rede de Loterias do Meia Meia de Volta Redonda

Unidade 1 – Av Lucas Evangelista nº 160 – Bairro Aterrado

Unidade 2 – Av Antônio de Almeida, 1052 – Bairro Retiro

Unidade 3 – Avenida Quatro, nº 189 – Bairro Vila Rica

 

– Bilheterias do Estádio Raulino de Oliveira

Apenas no dia da partida, a partir das 14h.

As entradas dos torcedores do Voltaço serão pelos setores Azul e Amarelo. Já os visitantes entrarão pelos setores Laranja e Verde