Voltaço goleia, é campeão invicto da Série D e levanta o primeiro título nacional de 2016

Foto: Dalila Almeida

“Entra em campo o Esquadrão de Aço. Equipe do Voltaço. Fundado em 76, seus atletas estão lutando pela vez”. E ela chegou! O Volta Redonda foi campeão invicto da Série D do Campeonato Brasileiro. O título veio após uma goleada pra cima do CSA-AL, por 4 a 0, na segunda partida da final. Dija Baiano, Marcos Júnior, duas vezes, e David Batista marcaram os gols da vitória tricolor.

“ÔÔÔ, Vai pra cima deles, Taço.” Esse foi o grito da torcida fora das quatro linhas. Dentro dela, os jogadores atendiam e pressionavam o adversário. Pressão que não demorou a dar resultado. Aos 26 minutos, Marcelo descolou belo lançamento para Dija Baiano, que invadiu a área e bateu na saída de Pantera, abrindo o placar no Raulino de Oliveira.

E a noite era mesmo do garçom Marcelo. O camisa 10 tricolor cruzou na medida para Marcos Júnior cabecear para o fundo das redes, marcando o segundo aos 30 minutos. A pressão seguiu e, antes do fim do primeiro tempo, David Batista ainda apareceu para deixar o seu. O atacante aproveitou falha do goleiro adversário e marcou o terceiro do Tricolor de Aço, aos 38 minutos, fechando o placar da primeira etapa.

Se no primeiro tempo o show foi dos jogadores dentro de campo. Nos 45 minutos finais, a festa ficou por conta da torcida. Os quase oito mil torcedores fizeram o seu show particular nas arquibancadas do Raulino de Oliveira. E, para premiar, Marcos Júnior aproveitou cruzamento de Cristiano e apareceu para fechar a goleada tricolor, aos 22 minutos.  Fim de jogo no Raulino de Oliveira: Volta Redonda , campeão invicto da Série D do Campeonato Brasileiro de 2016, 4×0 CSA-AL.

 

Campeonato Brasileiro Série D – 2º jogo da final

Volta Redonda 4 x 0 CSA-AL

(01/10/16 – Estádio Raulino de Oliveira – 21h)

 

Volta Redonda: Mota; Osmar, Daniel Felipe, Gilberto e Cristiano; João Cleriston, Marcelo e Marcos Júnior (Luís Gustavo); Rafael Pernão, Dija Baiano e David Batista (Michel Cury). Técnico: Felipe Surian.

Cartão Amarelos: Cristiano, Dija Baiano.

Público: 7.848 presente (6.748 pagantes)

Gols: Dija Baiano, Marcos Júnior (2) e David Batista.

Foto: Dalila Almeida

Voltaço recebe o CSA-AL em decisão pelo título da Série D

Foto: Dalila Almeida

Com uma campanha irretocável – em 15 jogos foram nove vitórias e seis empates -, o Volta Redonda está a 90 minutos de se tornar campeão invicto da Série D do Campeonato Brasileiro. Para isso, o Tricolor de Aço precisa vencer o CSA-AL neste sábado, dia 1º, às 21 horas, no Estádio Raulino de Oliveira, pela segunda partida da final da competição. Caso termine empatado em 0 a 0, resultado do jogo de ida, o título será decido nos pênaltis.

E para esse momento histórico para o clube, o comandante Felipe Surian convoca a torcida para lotar o Raulino de Oliveira e ser o 12º jogador nessa decisão.

– Enfrentamos uma pressão muito grande lá em Maceió, mas conseguimos voltar com um bom resultado. Agora, estamos a uma vitória de coroar essa campanha espetacular. Sabemos que será uma partida muito difícil, mas vamos jogar em casa e temos que impor o nosso ritmo, sempre com muita inteligência. Chegou a hora da decisão. Esperamos que a torcida compareça em peso e nos apoie nesse momento histórico para o Volta Redonda – destacou.

Ingressos promocionais

A diretoria do Tricolor de Aço está fazendo uma promoção de ingressos para o confronto entre Voltaço e CSA-AL. Os torcedores que comprarem até esta sexta-feira, dia 30, pagarão apenas R$ 10 para a arquibancada.

As entradas estão sendo vendidas na Loteria do Meia-Meia (nos bairros Aterrado, Retiro e Vila Rica/Tiradentes) e no quiosque do Jornal Diário do Vale (1º piso do Sider Shopping, na Vila Santa Cecília).

No dia da partida, os ingressos serão vendidos apenas nas bilheterias do Raulino de Oliveira. As entradas custarão R$ 20 para a arquibancada e R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia) para as cadeiras.

 

Campeonato Brasileiro Série D – 2º jogo da final

Volta Redonda x CSA-AL

(01/10/16 – Estádio Raulino de Oliveira – 21h)

 

Provável formação: Mota; Luís Gustavo, Daniel Felipe, Gilberto (Márcio Paraíba) e Cristiano; João Cleriston (Douglas Pedroso), Marcelo e Michel Cury; Dija Baiano, Ayrton e David Batista. Técnico: Felipe Surian.

 

Foto: Dalila Almeida

Fora de casa, Voltaço empata com o CSA no primeiro jogo da final da Série D

Foto: Assessoria do CSA-AL

Tudo igual nos primeiros 90 minutos da decisão da Série D do Campeonato Brasileiro. Volta Redonda e CSA-AL empataram em 0 a 0 neste domingo (25), no Estádio Rei Pelé, em Maceió.

Com o resultado, o Tricolor de Aço, que se mantém invicto na competição, joga por uma vitória simples no jogo de volta para ficar com o título da Série D de 2016. A segunda partida da final será neste sábado, dia 1º, às 21 horas, no Estádio Raulino de Oliveira.

 

Campeonato Brasileiro Série D – 1º jogo da final

CSA-AL 0 x 0 Volta Redonda

( 25/09/16 – Estádio Rei Pelé – 19h)

 

Volta Redonda: Mota; Osmar, Daniel Felipe, Gilberto e Cristiano; João Cleriston (Douglas Pedroso), Marcelo e Marcos Júnior (Michel Cury); Dija Baiano (Ayrton), Rafael Pernão e David Batista. Técnico: Felipe Surian.

Cartão Amarelo: Gilberto, David Batista

 

Foto: Assessoria do CSA-AL

Em busca do inédito título da Série D, Voltaço encara o CSA no Estádio Rei Pelé

Foto: Dalila Almeida

O Volta Redonda enfrenta o CSA-AL neste domingo, dia 25, às 19 horas, no Estádio Rei Pelé, pelo primeiro jogo da final da Série D do Campeonato Brasileiro. Essa será a segunda vez que o clube irá decidir um Campeonato Brasileiro em sua história. Em 1995, a equipe ficou com o vice-campeonato da Série C, após ser derrotado pelo XV de Piracicaba. Agora, 21 anos depois, o Tricolor de Aço chega à decisão com uma campanha impecável: invicto, com nove vitórias, cinco empates, 25 gols marcados e apenas oito sofridos.

Números que garantem ao Voltaço a melhor campanha da competição, mas não o favoritismo na final, como destaca o comandante Felipe Surian.

– Chegamos à decisão com uma campanha impecável, mas do outro lado vamos ter uma grande equipe, que também manteve uma regularidade muito grande durante a competição. O CSA é um time de tradição e chega à decisão com muito mérito. Então, não existe favorito. Nesse primeiro jogo, vamos encontrar um estádio lotado e um adversário que pretende aproveitar o fator casa para nos pressionar e conseguir uma boa vantagem para o jogo de volta – alertou Surian, que ainda comentou sobre a estratégia que a equipe terá que utilizar para sair de campo com um bom resultado.

– O setor ofensivo deles é muito forte e teremos que ter muito cuidado. A decisão será um jogo de 180 minutos e vai sair vencedora a equipe que jogar com mais inteligência. Já vimos a importância de marcar gols fora de casa nos outros mata-matas e vamos em busca de um bom resultado para poder decidir esse título no Raulino, diante do nosso torcedor – completou.

A segunda partida da decisão da Série D do Campeonato Brasileiro será no próximo sábado, dia 1º, às 21 horas, no Estádio Raulino de Oliveira.

 

Campeonato Brasileiro Série D – 1º jogo da final

Volta Redonda x CSA-AL

(25/09/16 – Estádio Rei Pelé – 19h)

 

Provável formação: Mota; Osmar, Daniel, Márcio Paraíba e Cristiano; Douglas Pedroso, João Cleriston e Marcelo; Luís Gustavo, Dija Baiano e David Batista. Técnico: Felipe Surian.

Foto: Dalila Almeida

Voltaço vence Moto Club e conquista vaga inédita na final da Série D

Foto: Dalila Almeida

Com um show da torcida e com direito a gol de placa do atacante David Batista, o Volta Redonda venceu o Moto Club-MA, por 3 a 1, e está na final da Série D do Campeonato Brasileiro. David Batista, duas vezes e com direito a um golaço de voleio, e Dija Baiano fizeram os gols da vitória tricolor. Fred descontou para os visitantes.

Agora, o Tricolor de Aço espera o resultado da outra semifinal entre São Bento-SP e CSA-AL, marcada para este domingo (18), para conhecer o seu adversário na briga pelo inédito  título da Série D.

O jogo

Com o apoio da torcida, o Tricolor de Aço não quis saber de jogar pelo empate e tratou logo de pressionar o adversário. E a blitz não demorou a dar resultado. Aos quatro minutos, Osmar cruzou na medida para David Batista, de cabeça, balançar as redes e abrir o placar.

A pressão tricolor seguiu e, aos 17 minutos, novamente a dupla Osmar e David Batista entrou em ação. Osmar recebeu lançamento de Dija Baiano, chegou ao fundo e cruzou para David Batista. O camisa 9 tricolor ajeitou o corpo e, de voleio, acertou o ângulo de Márcio. Golaço!

Por sua vez, o Moto Club, que havia chegado apenas com chutes de fora da área, conseguiu diminuir o placar aos 19 minutos, com Fred. Apesar do gol, o Voltaço seguiu melhor na partida e, aos 36 minutos, o terceiro gol saiu. Marcelo tocou para Dija Baiano, que, de dentro da área, acertou um chute no ângulo de Márcio e ampliou a vantagem tricolor.

Após um primeiro tempo elétrico e com quatro gols, a segunda etapa foi mais tranquila. Enquanto o Moto Club tentava esboçar uma reação, o Tricolor de Aço, bem postado em campo, não tinha dificuldade para desarmar o adversário e ficar tocando a bola, esperando o fim da partida.

Até que aos 40 minutos, quase saiu o quarto. Michel Cury lançou Dija Baiano em profundidade. O atacante cruzou na medida para Ayrton que, por muito pouco, não alcançou para desviar para o fundo das redes. Fim de jogo no Raulino de Oliveira: Volta Redonda 3 x 1 Moto Club-MA.

Campeonato Brasileiro Série D – 2º jogo da semifinal

Volta Redonda 3 x 1 Moto Club-MA

(17/09/16 – Estádio Raulino de Oliveira – 18h)

 

Volta Redonda: Mota; Osmar, Daniel, Osmar e Cristiano; João Cleriston, Marcos Júnior (Michel Cury) e Marcelo; Dija Baiano, Rafael Pernão (Ayrton) e David Batista (Douglas Pedroso). Técnico: Felipe Surian

Gols: David Batista (2) e Dija Baiano

Público presente: 3.186 ( 2.557 pagantes)

 

Foto: Dalila Almeida

Voltaço recebe o Moto Club de olho na decisão da Série D

Foto: Dalila Almeida

A um passo de conquistar a vaga para a decisão da Série D do Campeonato Brasileiro, o Volta Redonda recebe o Moto Club-MA neste sábado, dia 17, às 18 horas, no Estádio Raulino de Oliveira, pelo segundo jogo da semifinal. Com o empate em 1 a 1 no jogo de ida, o Tricolor de Aço joga pelo 0 a 0 ou por uma vitória simples para avançar às finais da competição. Caso a partida termine empata em 1 a 1, a decisão será nos pênaltis.

Apesar do empate sem gols classificar o Voltaço, o técnico Felipe Surian destaca que a maior vantagem tricolor nessa semifinal não está no placar, mas sim fora das quatro linhas.

– Conseguimos marcar fora de casa e isso é muito importante em mata-mata, quando qualquer detalhe faz a diferença. O Moto Club mostrou que é uma equipe qualificada, mas temos que mostrar a nossa força jogando em casa. Esperamos contar o apoio da nossa torcida, que já mostrou que faz a diferença, quando compareceu em peso nas quartas de final e apoiou o time do início ao fim da partida. Os torcedores que comparecerem podem ter certeza que vão ver em campo um time aguerrido, brigando até o fim por essa vaga na final. Já conseguimos o acesso, agora queremos o título – destacou.

Promoção de ingressos

A diretoria do Tricolor de Aço está fazendo uma promoção de ingressos para o confronto entre Voltaço e Moto Club-MA. Os torcedores que comprarem até sexta-feira, dia 16, pagarão apenas R$ 10 para a arquibancada.

As entradas estão sendo vendidas na Loteria do Meia-Meia (nos bairros Aterrado, Retiro e Vila Rica/Tiradentes) e no quiosque do Jornal Diário do Vale (1º piso do Sider Shopping, na Vila Santa Cecília).

No dia da partida, os ingressos serão vendidos apenas nas bilheterias do Raulino de Oliveira. As entradas custarão R$ 20 a arquibancada e R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia) para as cadeiras.

 

Campeonato Brasileiro Série D – 2º jogo da semifinal

Volta Redonda x Moto Club-MA

( 17/09/16 – Estádio Raulino de Oliveira – 18h)

 

Provável formação: Mota; Luís Gustavo, Carlão, Daniel e Cristiano; João Cleriston, Marcos Júnior e Marcelo; Ayrton, Dija Baiano e Michel Cury. Técnico: Felipe Surian.

 

Foto: Dalila Almeida

Voltaço empata com o Moto Club no primeiro jogo da semifinal da Série D

FB_IMG_1440377340434

Tudo igual no primeiro jogo da semifinal da Série D do Campeonato Brasileiro. Jogando no Estádio Castelão, no Maranhão, o Volta Redonda empatou, por 1 a 1, com o Moto Club-MA. Marcelo marcou o gol do Tricolor de Aço.

Com o resultado, o Voltaço manteve a sua invencibilidade e joga pelo 0 a 0 ou uma vitória por qualquer placar no Raulino para avançar à final da competição. As duas equipes voltam a se enfrentar no próximo sábado, dia 17, às 18 horas, no Estádio Raulino de Oliveira.

 

Campeonato Brasileiro Série D – 1° jogo da semifinal

Moto Club 1 x 1 Volta Redonda

( 11/09/16 – Estádio Castelão- 17h)

 

Volta Redonda: Mota; Osmar, Gilberto, Daniel e Cristiano; João Cleriston, Marcos Júnior, Marcelo e Michel Cury; Dija Baiano e Rafael Pernão. Técnico: Felipe Surian.

Gol: Marcelo

Voltaço enfrenta o Moto Club pelo primeiro jogo da semifinal da Série D

img_5196-1600x1067

Invicto, com a melhor campanha na classificação geral e com o acesso para a Série C do Campeonato Brasileiro garantido, o Volta Redonda agora briga por uma vaga na decisão da Série D. Para isso, o Tricolor de Aço terá que passar pelo Moto Club-MA nas semifinais da competição. A primeira partida entre as equipes será neste domingo, dia 11, às 17 horas, no Estádio Castelão, no Maranhão. Já o jogo de volta está marcado para o próximo sábado (17), às 18 horas, no Estádio Raulino de Oliveira.

Protagonista do duelo contra o Flu de Feira nas quartas de final, Dija Baiano rechaça que o Voltaço irá tirar o pé do acelerador por já ter conseguido o acesso. O atacante afirma que o time manterá o foco e brigará pelo título da Série D.

– Quando voltei para o Volta Redonda, deixei claro que tinha voltado para conseguir o acesso para a Série C. O grupo fechou, fizemos grandes jogos e conseguimos alcançar o nosso objetivo, mas a competição ainda não acabou. Agora queremos o título para fechar com chave de ouro essa grande campanha que estamos fazendo. Sabemos que teremos um grande adversário pela frente, mas esse grupo merece chegar à final e ser campeão – destacou.

 

Campeonato Brasileiro Série D – 1º jogo da semifinal

Moto Club-MA x Volta Redonda

(11/09/16 – Estádio Castelão – 17h)

Provável formação: Mota; Osmar, Daniel, Márcio Paraíba e Cristiano; Douglas Pedroso, João Cleriston e Glauber; Dija Baiano, Pedro Isidoro e Gustavo. Técnico: Felipe Surian.

 

Foto: Dalila Almeida

Noite de gala: Com o apoio da torcida, Voltaço vence o Flu de Feira e conquista o acesso para a Série C do Brasileiro

VR x Flu - Dalila Almeida

A noite do dia 3 de setembro de 2016 ficará marcada na história do Volta Redonda F.C. O Tricolor de Aço, que já disputou a Série A do Campeonato Brasileiro, deu o seu primeiro passo rumo à elite do futebol nacional. Com o apoio do seu torcedor, que compareceu em peso no Raulino de Oliveira, a equipe venceu o Fluminense de Feira de Santana, por 2 a 1, manteve a invencibilidade na competição, se classificou para as semifinais da Série D e garantiu o seu acesso para a Série C do Campeonato Brasileiro do ano que vem. Dija Baiano foi o autor dos dois gols do Voltaço.

Agora, a equipe espera a conclusão da rodada para conhecer quem será o seu adversário na próxima fase da competição. A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) ainda não divulgou as datas das semifinais da Série D.

O jogo

Nos primeiros minutos de partida só deu Volta Redonda. Empurrado pela  torcida, o Tricolor de Aço iniciou o jogo com uma blitz pra cima do adversário. E essa pressão não demorou para dar resultado. Aos seis minutos de jogo, Dija Baiano recebeu passe em profundidade de Marcos Júnior e foi derrubado na área por Jair. Pênalti para o Voltaço. Ele mesmo foi para a cobrança e bateu forte no canto direito para abrir o placar um minuto depois.

Já o Fluminense de Feira chegou pela primeira vez aos 11 minutos. Porém, a equipe baiana parou em Mota. O arqueiro tricolor fez grande defesa após cabeçada à queima roupa. Após o susto, o Voltaço retomou o controle da partida e começou a trabalhar a bola em busca de uma chance para aumentar a vantagem.

Aos 25 minutos, Dija Baiano cobrou falta com perigo e, por muito pouco, Marcelo não alcançou para desviar para o gol. No entanto, foram os visitante que chegaram ao gol. Aos 38 minutos, Paulo Paraíba aproveitou cruzamento pela esquerda e cabeceou para o fundo das redes, empatando a partida no Raulino de Oliveira.

Precisando de três gols para se classificar, o Fluminense iniciou a segunda etapa se mandando para o ataque. Com isso, passou a ceder os contra-ataques para o Tricolor de Aço. E, aos 16 minutos, foi dessa maneira que saiu o segundo gol tricolor. João Cleriston roubou a bola no meio-campo e lançou e lançou David Batista em velocidade. O camisa 9 tricolor invadiu a área, driblou Jair e tocou para Dija Baiano só empurrar para o fundo das redes e colocar novamente o Voltaço em vantagem.

Novamente à frente do placar, o Tricolor de Aço passou a tocar a bola, esperando o fim da partida. Já do lado de fora das quatros linhas, a torcida presente seguiu com seu show particular, comemorando, antes mesmo do apito final, o acesso para a Série C do Campeonato Brasileiro. Fim de jogo no Raulino de Oliveira: Volta Redonda 2 a 1 Fluminense de Feira de Santana.

 

Campeonato Brasileiro Série D – 2º jogo das quartas de final

Volta Redonda 2 x 1 Fluminense de Feira de Santana-BA

(03/09/16 – Estádio Raulino de Oliveira – 18h)

 

Volta Redonda: Mota; Osmar, Daniel, Márcio Paraíba (Carlão) e Cristiano; João Cleriston, Marcos Júnior e Marcelo; Luís Gustavo (Rafael Pernão), Dija Baiano (Douglas Pedroso) e David Batista. Técnico: Felipe Surian.

Gols: Dija Baiano (2)

Cartão amarelo: Luís Gustavo, David Batista

Público presente: 4.923 (3.623 pagantes)

 

Foto: Dalila Almeida

Voltaço recebe o Flu de Feira na decisão por uma vaga na Série C

Foto - Dalila Almeida

Invicto e a 90 minutos de garantir o acesso para a Série C do Campeonato Brasileiro, o Volta Redonda recebe o Fluminense de Feira de Santana-BA neste sábado, dia 3, às 18 horas, no Estádio Raulino de Oliveira, pela segunda partida das quartas de final da Série D. Após vencer por 3 a 2 o jogo de ida, o Tricolor de Aço entra em campo com a vantagem do empate e até podendo perder por 1 a 0 ou 2 a 1 que, mesmo assim, estará classificado para as semifinais da competição, assegurando o acesso para a Série C.

Além da vantagem no placar, o Voltaço terá a seu favor o fator casa. Em cinco jogos nesta Série D, foram três vitórias, dois empates, sete gols marcados e nenhum sofrido. E para melhorar ainda mais o panorama, a equipe terá ao seu lado o seu torcedor, que pretende lotar o Raulino e empurrar o tricolor rumo à terceira divisão nacional.

Entretanto, apesar de todo esse cenário favorável, o técnico Felipe Surian não quer saber de clima de “já ganhou”. O comandante mantém os pés no chão e afirma que, assim como no primeiro jogo, o Tricolor de Aço terá uma partida complicada pela frente e precisará jogar os 90 minutos com muita atenção para não ser surpreendido.

– Fizemos uma grande campanha até aqui, mas não vai valer de nada se não conseguirmos o acesso. Vamos fazer de tudo para sair de campo com a vaga na Série C, que é o nosso principal objetivo na temporada. O Fluminense vai vir com tudo para tentar reverter essa vantagem. Então, vamos ter que jogar com inteligência. Conseguimos uma boa vantagem, mas não podemos deixar de jogar por causa disso – destacou Surian, que ainda deixou um convite para a torcida tricolor.

– Agora é decisão e precisamos muito do seu apoio. Venham ao jogo, lotem o Raulino de Oliveira e nos apoiem na briga por essa vaga na Série C. Agora chegou a hora da torcida jogar junto com o time – afirmou.

Promoção de ingressos

A diretoria do Tricolor de Aço está fazendo uma promoção de ingressos para a partida deste sábado (3). Os torcedores que forem ao Raulino de Oliveira com a camisa do Voltaço, ou com as cores amarelo e preto, pagarão meia-entrada: R$ 10 no ingresso para a arquibancada e R$ 25 para as cadeiras.

As entradas já estão disponíveis nos postos de vendas credenciados: Loteria do Meia-Meia (nos bairros Aterrado, Retiro e Vila Rica/Tiradentes) e no quiosque do Jornal Diário do Vale (1º piso do Sider Shopping, na Vila Santa Cecília). No dia da partida, haverá venda de ingressos nas bilheterias do Estádio Raulino de Oliveira.

 

Campeonato Brasileiro Série D – 2º jogo das quartas de final

Volta Redonda x Fluminense de Feira de Santana

(03/09/16 – Estádio Raulino de Oliveira- 18h)

 

Provável formação: Mota; Carlão, Daniel e Márcio Paraíba; Cristiano, Douglas Pedroso, João Cleriston, Marcelo e Luís Gustavo; Dija Baiano e Rafael Pernão. Técnico: Felipe Surian.