Moacir Júnior lamenta derrota contra o Tombense-MG, mas ressalta: “A luta continua”

Moacir Júnior - Foto - Pedro Borges

O técnico Moacir Júnior lamentou a derrota, por 2 a 0, do Volta Redonda para o Tombense-MG, em partida disputada no sábado, dia 28, no estádio Raulino de Oliveira. Após o confronto, o comandante analisou a atuação tricolor.

– O Tombense-MG veio aqui para jogar em cima de um erro nosso e, infelizmente, cometemos esse erro no final do primeiro tempo. Corrigimos muita coisa no intervalo, mas, no segundo tempo, quando o time estava se acertando em campo, tomou o segundo gol e aí ficou muito difícil – destacou Moacir Júnior, que ainda falou sobre os 30 minutos finais de jogo, quando o Voltaço iniciou uma pressão e criou, pelo menos, quatro grandes chances de marcar o gol.

– O duro é você perder sem lutar e fizemos de tudo. Fizemos mudanças de esquema tático e de peças durante o jogo. Sem contar que tivemos chances claras para buscar, pelo menos, o empate, mas, infelizmente, não era uma noite feliz para o Volta Redonda e o time do Tombense-MG foi superior e ganhou o jogo – completou.

Moacir Júnior afirmou ainda não haver tempo para ficar lamentando a derrota. O comandante destacou que ainda restam duas partidas pela frente e o Voltaço precisa somar pontos para fugir de vez do risco de rebaixamento.

– Ficamos tristes pela derrota, pelo torcedor que veio ao estádio, e pela parte da tabela que poderíamos estar, com o Bragantino vendo a gente pelo retrovisor. Mas não temos muito tempo para ficarmos nos lamentando, porque o campeonato e a nossa luta para fugir da zona de desconforto continuam. Temos mais dois jogos pela frente e precisamos somar três pontos para fugir de vez do Z2, e seis para, quem sabe, ainda buscar algo maior – destacou.

Na próxima rodada, o Esquadrão de Aço visita o Tupi-MG. A partida será no sábado, dia 4, às 16h, no estádio Mário Heleno.

Pedro Borges

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *